09/05/2022

A importância de projetar o fluxo de caixa futuro?

contabilidade Dicas economia empreendedor Empreender empreendimento Empresário Gestão Empresarial liderança Negócio

Contabilidade Cruz

Quando tratamos de fluxo de caixa, o capital de giro é um dos termos mais utilizados, o objetivo é entender a capacidade de crescimento de uma empresa. Ele possui o objetivo de manter o financeira em dia, possibilitando uma visão estratégica do negócio e um melhor posicionamento no mercado de atuação. 

Além de ser uma ótima forma de monitorar os indicadores de saúde financeira de um negócio, o capital de giro é basicamente uma reserva necessária que a empresa deve ter para manter os pagamentos e os seus processos internos e externos em ordem, a fim de evitar possíveis prejuízos ou multas a longo prazo.

Com um bom capital de giro, você pode ter menos preocupações, deixar os compromissos em dia e ter mais estabilidade e segurança entre os passivos e ativos, contando com um fluxo de caixa mais saudável e planejamentos financeiros mais assertivos e eficazes.

Por que é preciso monitorar o capital de giro?

Talvez a sua empresa esteja indo bem mesmo sem atentar para o capital de giro, mas vale a pena monitorar esse fator para conquistar as seguintes vantagens:

  • Pagar as despesas e os impostos em dia;
  • Possibilidade de realizar vendas a prazo;
  • Oportunidade de ter uma reserva suficiente;
  • Mais chance de aproveitar sazonalidades e melhores condições com fornecedores;
  • Segurança para dar continuidade aos processos da organização;
  • Fluxo de caixa saudável.

Como melhorar o capital de giro?

Para ter mais sucesso com o capital de giro da sua empresa, melhorando a saúde financeira e os resultados a longo prazo, é importante seguir alguns passos, entre eles:

  • Monitorar todos os gastos e recebimentos da empresa;
  • Separar os custos da organização em categorias;
  • Eliminar as despesas desnecessárias;
  • Fazer planejamentos com base em dados;
  • Negociar melhorias com os fornecedores;
  • Calcular o capital de giro com frequência;
  • Cobrar clientes inadimplentes;
  • Manter o controle de estoque em dia;
  • Contar com a ajuda de especialistas em finanças;
  • Investir em um sistema de automação para otimizar os processos.

E aí, que tal dar os primeiros passos em busca do capital de giro ideal para a sua empresa? 

Continue de olho nas nossas redes sociais, para conferir mais conteúdos sobre gestão de negócios, vendas, finanças, tecnologia e marketing.

Vem com o #timecruz 


Compartilhe este post:

Sociedade de Propósito Específico – SPE

A SPE (Sociedade de Propósito Específico) é um modelo empresarial bastante eficiente para melhorar a competitividade, reduzir os custos e ampliar a capacidade de crescimento de uma empresa.

Leia mais

Você conhece as obrigações fiscais de uma empresa?

Não importa qual o tipo do seu negócio ou porte jurídico existem algumas questões a serem seguidas pelas empresas, de modo geral. Há obrigações contábeis e fiscais que devem ser cumpridas e que diferenciam dependendo do regime tributário.

Leia mais

BPO Financeiro é uma boa solução?

São várias as vantagens para as empresas que optam pela terceirização das rotinas financeiras, administrativas e contábeis através do BPO financeiro.

Leia mais