19/04/2021

Benefícios do controle de ponto por aplicativo

ponto eletrônico departamento pessoal

@cruzcontabilidade - Dep. Contábil

Muitas empresas, independente do setor de atuação, já se beneficiam com o uso de plataformas e softwares de gestão em suas rotinas internas. 

Sejam esses utilizados na cadeia produtiva, em logística ou na gestão de pessoas, não há como negar as vantagens que a tecnologia proporciona no dia a dia dos mais diversos negócios.

Afinal, quanto mais ágeis forem tais processos, mais tempo sobra para a criação de estratégias focadas em outros pontos importantes da gestão de pessoas, como treinamentos para funcionários, desenvolvimento de planos de carreira, entre outros.

O controle de ponto por aplicativo é uma ferramenta eficiente de agregar tudo isso às rotinas do departamento pessoal e investir nesse tipo de solução pode ajudar muitos gestores a melhorar o desempenho interno como um todo.

Além disso, o controle de ponto é uma rotina obrigatória para todas as empresas brasileiras com mais de 20 colaboradores e é uma das formas mais seguras de criar um histórico das rotinas exercidas entre empregador e empregado.

Como surgiu o controle de ponto por aplicativo?

As empresas passaram a ser obrigadas a fazer a marcação de ponto de seus colaboradores no ano de 1948, ano no qual essa regra foi criada na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Antes, esse controle de horários de entrada, saída e intervalos dos funcionários era feito através de um livro de ponto, no qual cada funcionário registrava a hora de entrada e saída.

Na década de 2000, o relógio de ponto eletrônico começou a ser usado por muitas organizações, o que trouxe um pouco mais de modernidade a este processo. Com ele, o funcionário poderia marcar o ponto com um crachá ou até mesmo com sua digital.

O grande problema é que tais métodos de marcação de ponto não eram tão seguras quanto necessário, pois estavam sujeitas a falhas humanas e até mesmo às fraudes nos registros de horas.

Esse tipo de situação causava muitos problemas para os profissionais de recursos humanos responsáveis por lidar com o controle de ponto nas empresas, o que abriu uma porta para que novas soluções fossem criadas para resolver tais situações problemáticas.

O controle de ponto por aplicativo surgiu a partir de todas essas situações.

Como funciona o controle de ponto em aplicativo?

O controle de ponto por aplicativo é uma solução que permite que os colaboradores de uma empresa façam o registro de seus horários de entrada, intervalos e saídas através do próprio smartphone ou tablet.

Em outras palavras, esse método de controle de ponto é aquele em que os funcionários registram seus pontos em um aplicativo especializado através de um dispositivo conectado à internet.

Assim, os colaboradores podem marcar o ponto facilmente através de seu próprio smartphone e os gestores podem ter acesso a todas as informações geradas a partir desta marcação.

O controle de ponto por aplicativo é permitido por lei?

Sim! Vamos entender um pouco mais sobre como esse tipo de solução foi introduzida no mercado de trabalho.

Em 2009 foi criada a portaria 1510, que determina todas as normas para que as empresas possam utilizar o Sistema de Registro Eletrônico de Ponto para fazer o controle e acompanhamento das jornadas de trabalho dos funcionários.

Essa portaria também é conhecida como Lei do Ponto Eletrônico e foi desenvolvida como uma forma de atualizar as rotinas de registro de jornadas nas empresas brasileiras e trazer mais segurança a este processo como um todo, desde a marcação do ponto até o acerto da remuneração do trabalhador.

Em 2011, por sua vez, foi criada a portaria 373, que regulamentou o uso de sistemas alternativos de controle de ponto nas empresas do país. Uma das formas de controle de ponto alternativo é justamente o aplicativo de controle de ponto.

A portaria 373 é apenas um dos reflexos do intenso processo de transformação digital no mercado de trabalho brasileiro, que exige cada vez mais agilidade e segurança para os processos de gestão de pessoas dentro das empresas.

Quais são as vantagens do controle de ponto por aplicativo?

Suporte:

Sabemos que é essencial acompanhar as rotinas de trabalho dos colaboradores ao longo do tempo, pois elas facilitam o entendimento de diversos cenários internos da empresa.

Segurança:

Um controle de ponto por aplicativo online evita totalmente as fraudes e falhas humanas no registro de ponto, pois conta com ferramentas exclusivas para certificar gestores e funcionários de que os pontos estão sendo contabilizados e processados de forma correta.

Tratamento de ponto:

Uma vez que o controle de ponto é feito, é possível acessar todas as informações computadas no sistema e realizar o tratamento de tais pontos, como exige a lei.

É comum que um colaborador faça o registro de ponto no horário errado, esqueça de bater o ponto ou faça um registro duplicado. Tudo isso pode ser corrigido facilmente quando se tem um controle de ponto por aplicativo, pois as informações podem ser acessadas facilmente na plataforma.

Isso também auxilia no momento de fechamento da folha de pagamento, pois qualquer irregularidade que poderia interferir na remuneração do colaborador pode ser corrigida antes que a folha seja processada.

Isso evita tanto erros no pagamento quanto outros problemas mais graves, como processos trabalhistas, por exemplo.

Relatórios fiscais:

Uma das principais funcionalidades de um controle de ponto por aplicativo e, consequentemente, de um controle de ponto online, é a possibilidade de emitir relatórios de ponto essenciais, como é o caso do AFD, AFDT e ACJEF.

Nestes arquivos são registrados todos os pontos batidos pelos colaboradores e também são calculadas todas as variáveis que podem impactar na remuneração do colaborador ao final do mês, como horas extras, adicionais, entre outros.

Isso facilita processos fiscais e ainda garante que a empresa está cumprindo as regras estabelecidas pela legislação trabalhista, evitando também problemas em casos de auditorias.

Quanto custa um aplicativo de controle de ponto?

Os aplicativos de controle de ponto costumam ser cobrados num modelo de mensalidade, no qual as empresas pagam pelo número de funcionários que utilizarão as soluções oferecidas.

Fonte: Jornal Contábil.


Gostou desse assunto?

Compartilhe com seus amigos!

 


Compartilhe este post:

6 dicas para quem quer começar a vender online

O avanço e a democratização da tecnologia nos últimos tempos têm tornado cada vez maior a necessidade de digitalização dos negócios. Para aproveitar todo esse potencial disponível na internet é preciso ter alguns cuidados e traçar estratégias.

Leia mais

Parcelamento do Simples Nacional

Encontra-se disponível no Portal do Simples Nacional, com acesso através do endereço eletrônico da Receita Federal do Brasil, o Manual do Parcelamento do Simples Nacional, na versão novembro de 2020.

Leia mais

5 vantagens em abrir uma EIRELI

As vantagens de uma EIRELI são muitas, mas antes de mais nada, você precisa saber como funciona esse formato empresarial.

Leia mais